Olivier Matis

Visual C#
Bélgica
Olivier iniciou sua carreira em Java e ASP. O lançamento da plataforma .NET no começo de 2000 despertou seu interesse. Depois de se concentrar como "amador" nessa plataforma, Olivier decidiu atuar por conta própria e se tornar um especialista em .NET independente.
"Naquela época, eu ainda estava fazendo um pouco de tudo. ASP.NET, WinForms, Compact Framework. Era o período do .NET 1.0, que não tem quase nada a ver com o .NET atual. Pense nisto: não havia conceitos genéricos, por exemplo! Isso sem falar sobre o  Linq ou a expressão lambda. Agora, precisamos nos especializar. Web, Windows Client, não dá para dominar tudo. "
Olivier é mais do tipo "orientado a clientes de desenvolvimento Windows", e 2006 foi o ano da revelação para ele, com o lançamento do WPF. Ele percebeu logo de cara o enorme potencial do XAML, a nova linguagem para a criação de interfaces.
"Pela primeira vez, vislumbrei uma maneira de criar uma interface de usuário capaz de me proporcionar uma liberdade quase total. As possibilidades são infinitas”. Porém, isso exigiu a adição de outro ingrediente à sua receita de sucesso: habilidades de designer
Consequentemente, o Silverlight despertou o interesse de Olivier, e uma nova revelação estava prestes a surgir após àquela do Windows Phone e da interface Modern UI.
"Logo que eu vi a apresentação do design Modern UI do Windows Phone, fiquei totalmente entusiasmado. É organizado e moderno, e minha primeira pergunta foi: onde posso comprar esse telefone? "
Olivier trabalha exclusivamente com projetos em XAML, exercendo a função de arquiteto e Líder de desenvolvimento. Ele também tenta difundir o uso do Windows Phone o máximo possível. Oliver ensina os desenvolvedores sobre a importância do design e o uso do Blend e foi nomeado com o título de "Nokia Developer Champion".
Desde então, Olivier monitora de perto os desenvolvimentos, incluindo sua participação em todas as conferências / Build /. "A primeira Build foi épica! A apresentação do novo Windows. Outro momento épico foi quando recebemos o tablet. Naquela época, não havia tablets com o Windows 8. Portanto, dei um grande passo com este lindo presente! "
O envolvimento de Olivier na comunidade começou com o TechEd. Sua primeira participação em um grande evento permitiu que ele conhecesse as pessoas envolvidas com a Comunidade, que lhe inspiraram o desejo de se dedicar às atividades. Já fazia tempo que Oliver queria dedicar seu tempo à comunidade, mas algo não estava dando certo. "Tinha medo de não estar no mesmo nível das pessoas que eu estava seguindo. Porém, acabei percebendo que o mais importante era compartilhar, simplesmente compartilhar."  Olivier acha que compartilhar nem sempre significa ter que escrever um artigo de 20.000 palavras de alto nível técnico, mas sim um artigo que seja acessível a todos os níveis. Um artigo para iniciantes é tão útil quanto uma seção extremamente técnica. O importante é nunca hesitar em compartilhar experiências, problemas e suas resoluções, ou até mesmo as ideais que temos, pois essas informações sempre serão interessantes para alguém. Participar de uma comunidade é isto: compartilhar conhecimento.
Tornar-se um MVP não mudou essencialmente a estratégia de trabalho de Oliver, simplesmente a evoluiu. Ele continua escrevendo artigos e a ajudando nos fóruns. Agora, ele tem um canal privilegiado com equipes da Microsoft. "Esta é a grande vantagem do programa. Temos um canal com equipes de produtos. Além disso, esse canal funciona em ambas as direções. Eles nos mostram em que estão trabalhando, enquanto nós deixamos os nossos comentários. ". Isso permite que Olivier ganhe experiência com novos produtos assim que eles sejam lançados, o que o torna capaz de ajudar toda a comunidade.
Olivier adicionou um novo ingrediente à sua receita de sucesso: Organizador de eventos. "A idéia surgiu quando percebi que o MVP Phone estava organizando a WP Week e não havia participantes belgas! Era importante corrigir isso!”
Apreciando o trabalho em equipe, Olivier conversou com outras pessoas, Renaud Dumont e Matthieu Vandenhende, ambos MVPs, e Kévin Rapaille, que fizeram parceria com ele. "Com eles, a afinidade foi imediata. Vemos as coisas do mesmo jeito."  O Mobile Dev Day (http://www.mobiledevday.be) nasceu e aconteceu no dia 12 de dezembro em Mons (Bélgica). O evento foi um sucesso. "Tivemos a participação de Rudy Huyn e Samuel Blanchard com sessões sobre o Windows Phone, David Catuhe e David Rousset da Microsoft França também estavam presentes, assim como David Hernie e Jan Tielen da Microsoft Bélgica. Com esse time de palestrantes, o sucesso foi garantido". Toda a equipe do Mobile Dev Day já trabalha no futuro, com o único objetivo para fazer ainda melhor.
Para Olivier, há dois momentos especiais como MVP. O primeiro é o anúncio da sua entrada no programa. "Dancei na frente do meu PC. Com o meu talento para dança, eu devo ter parecido um louco! "O outro momento é o fato de ter sido mencionado em um slide de agradecimentos durante a principal apresentação da última reunião de MVPs. “Estar no slide de uma Reunião de MVPs: sem comentários! É uma grande satisfação. Ajudei a equipe do Visual Studio em um ponto específico e percebi que isso é algo que eles realmente valorizam e apreciam. Isso realmente me dá a impressão de trabalho em equipe. Eles sempre podem contar comigo. "